Trem da Serra

P1100167 (Large)

Seja após um trekking ou corrida de montanha nas terras altas da Mantiqueira, o jeito é descansar e conhecer um pouco das estórias do sul de Minas em um passeio de Maria Fumaça pela Serra da Mantiqueira.

P1100189 (Large)

O roteiro é uma viagem pela história do Brasil. Em 1884, em viagem inaugural, com a presença de Dom Pedro II e comitiva, percorreu 170 km de Cruzeiro / SP a Três Corações / MG. Hoje são apenas 20 km operacionais no trecho de Passa Quatro.

P1130029 (Large)

O passeio começa na Estação Passa Quatro, fazendo duas paradas. A primeira na Estação Manacá, que foi posto avançado das tropas federais durante a Revolução Constitucionalista de 1932.

P1130030 (Large)

A segunda parada é na Estação Coronel Fulgêncio, antiga Túnel, devido à proximidade ao Túnel da Mantiqueira. A estação teve seu nome alterado em homenagem ao coronel mineiro que faleceu em combate, durante a retomada do túnel.

P1130041 (Large)

Hoje o local é ponto final do passeio, a 1.085 m de altitude, com possibilidade de fazer uma breve caminhada para visitar a entrada do Túnel da Mantiqueira.

P1130078 (Large)

  • Locomotiva 332 – The Baldwin Locomotive Works – Pacific.
  • Ano de fabricação: 1925. Ano de restauração: 1990.

Fonte: ABPF – Associação Brasileira de Preservação Ferroviária.

Local: Passa Quatro / MG.

Anúncios

Mirante da Janela

O Mirante da Janela é um espetáculo grandioso e considerado um dos principais cartões postais da Chapada dos Veadeiros.

P1120539 (Large)

A estória da região mostra que há mais de 50 anos atrás, os garimpos de cristais eram explorados entre a Serra de Santana e Serra do Abismo, este último por onde a trilha leva até o mirante, ponto mais alto do lado oposto do cânion do Rio Preto.

À primeira vista do mirante é o Salto I com 120 metros de queda, e adiante avista-se o Salto II, com 80 metros de altura. Estas cachoeiras estão dentro do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, e podem ser visitadas a partir da vila de São Jorge.

P1120570 (Large)

São 8 km de caminhada de trilha relativamente fácil, onde a maior dificuldade está na subida e descida de pedras, em terreno acidentado, e debaixo do calor do cerrado. A cachoeira do Abismo encontra-se no meio do trajeto, porém estará seca se não for no período da estação chuvosa.

A partir da vila de São Jorge, acessar a estrada do parque nacional. Quando chegar na bifurcação, antes da portaria do parque, subir à esquerda até o estacionamento. De lá caminha-se até a portaria educativa, para então dar entrada na trilha do Abismo (cachoeira) e Janela (mirante).

P1120559 (Large)

Local: Vila de São Jorge / GO.

Dia de Verão – Praia Selvagem

Aproveitando mais um final de semana com horário de verão, descemos para Ubatuba até a praia Fortaleza.

Nossa motivação era novamente buscar um local especial para caminhar e nadar, e desta vez acampar numa praia selvagem. A praia escolhida foi a do Cedro.

P1120003 (Large)

Desta vez, ao invés da saída ser na praia Lagoinha, partimos da praia Fortaleza. Com esta inversão a distância total da caminhada foi reduzida de 10 para 6 km.

Todo o percurso é dentro da mata em trilha costeira, ao contrário do outro lado onde se passa por diversas praias, entre elas, o Bonete.

P1110989 (Large)

O mais divertido é acampar no Cedro. Com espaço de sobra para as barracas, também montamos uma rede para ficar de papo pro ar.

No Cedro o tempo não passa. Fizemos tanta coisa entre preparar acampamento e almoço, e ainda tínhamos 5 horas de luz do dia.

P1120007 (Large)

A brisa batia forte refrescando todos os cantos, mas com o movimento aparente do sol, o calor invadiu as barracas. O jeito foi cair na água.

O jantar demorou horas até que a fogueira estivesse em brasa para assar os quitutes.

Depois na areia da praia, ficamos absorto pela batida das ondas naquela noite escura e observamos uma luz fraca que vinha da ilha do Mar Virado…

Embarcação ancorada ou alguém na ilha?

Naquela noite os pensamentos voaram junto com a brisa do mar!

P1110986 (Large)

Mais um dia de verão…

P1110983 (Large)

… Em um paraíso do litoral norte de São Paulo.

Dia de Verão – Entre a Lagoa e o Mar

Que tal aproveitar um longo sábado de verão fazendo uma caminhada light?

A ideia era ter um bom motivo para caminhar e nadar num lugar especial. A trilha deveria ser de fácil acesso e baixo nível de dificuldade.

Então descemos a serra até a Tabatinga, última praia de Caraguatatuba. O dia amanheceu nublado e depois veio sol e muito calor.

P1110927 (Large)

O bate-papo tomou conta durante o trajeto. Com paradas constantes fomos apreciando a paisagem costeira com vista para a praia da Figueira e ilha do Tamanduá.

P1110945 (Large)

Nosso destino final chegou numa lagoa que dá nome ao local, praia da Lagoa, localizada no extremo sul de Ubatuba.

P1110951 (Large)

No canto esquerdo da praia, entre a mata e o mar, encontramos uma lagoa de águas tranquilas e temperatura morna que as vezes se uni ao mar frio e agitado.

P1110961 (Large)

Em uma aventura segura nadei do lado da margem arenosa até o fundo da lagoa. Em silencio, com movimentos lentos, observando a mata e os pássaros presentes.

P1110976 (Large)

Na volta visitamos a praia Ponta Aguda. No final, de volta a Tabatinga, somamos cerca de sete quilômetros de caminhada.

No próximo post mostraremos mais um dia de verão. Desta vez será num final de semana com acampamento em uma praia selvagem de Ubatuba.