Desterro com Pimenta

P1070811 (Large)

Em dias de inverno com temperaturas de verão que se aproximam da primavera, nada melhor que escapar para um local acolhedor e bucólico.

P1070806 (Large)

Convite ao descanso rodeado pelo verde das colinas. Onde os cursos d’água nascem nas matas, escorrem sobre rochas e quebram em súbitas quedas. Onde o silencio da noite é interrompido pelo estridular de grilos.

P1070808 (Large)

Onde mais da metade das pessoas mora no campo. Onde a boa prosa não tem fim e nem se cansa na rotina do dia-a-dia. Onde reina a simplicidade e humildade.

P1070813 (Large)

Onde desconectar-se do mundo é verdadeiramente a melhor conexão consigo mesmo. Onde os amantes da natureza desbravam trilhas e cachoeiras. Assim é a estância climática de Cunha / SP.

P1070723 (Large)

Então em dia quente de inverno a diversão foi descobrir às quedas d’água mais famosas de Cunha, a Cachoeira do Desterro e Cachoeira do Pimenta.

P1070780 (Large)

O acesso é feito pela estrada do Monjolo distante cerca de doze quilômetros do centro de Cunha. As cachoeiras estão do lado esquerdo da estrada de terra.

P1070783 (Large)

A Cachoeira do Desterro é a primeira e possui duas quedas d’água, uma ao lado da outra com aproximadamente 12 metros de altura e reserva uma refrescante piscina natural.

P1070773 (Large)

Subindo na estrada mais a frente, a Cachoeira do Pimenta forma várias quedas d’água somando cerca de 90 metros de altura. Na última temos um enorme poço para banho e mais abaixo encontramos o que restou de uma antiga usina de energia elétrica.

P1070752 (Large)

Aquele dia de calor escaldante e água gelada trouxe energia renovada para seguir adiante nas trilhas.

Anúncios

4 respostas em “Desterro com Pimenta

  1. Superb blog here! Also your web site loads up fast! I wish my website loaded up as rapidly as yours. Thank you for sharing with us your wonderful ideas through your blog.

  2. Belas quedas d’água. Gosto muito de ver fotos de cachoeiras. Mas confesso que tenho medo e respeito pelas cachoeiras. Mas acho um local muito gostoso para se meditar e realmente escutar o som da natureza. Um forte abraço meu amigo Kleber.

    • Meu amigo, a natureza sempre merece nosso respeito independente se na água, no ar ou na terra… Quanto ao medo, que bom que ele existe para trabalharmos nossos limites e irmos além… Quanto ao ‘escutar’, é uma dádiva ter este momento na natureza pois nesta selva de pedra, onde vivemos, quase não paramos para ‘ouvir’… Forte abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s